fbpx

Caminhada Ecológica no Parque Estadual da Serra do Mar

Eis a natureza que te convida e te ama.

Como escreveu o montanhista John Muir, criador do conceito de conservação da natureza: “A paz da natureza fluirá em você como a luz solar flui em árvores. Os ventos soprarão seu próprio frescor em você, e as tempestades sua energia, enquanto as preocupações vão cair como folhas de outono”. Claramente o CIESP de São Bernardo compreende o valor intrínseco de se passar um tempo junto à natureza. No último dia 10 de junho (Domingo) aconteceu a 4ª Edição da Caminhada Ecológica no Parque Estadual da Serra do Mar.

Neste evento, colaboradores da Via Santony, bem como seus familiares tiveram a oportunidade de desvendar a beleza e a história da Estrada Velha de Santos e também rever ou conhecer a Casa de Visitas Alto da Serra, a Casa de Pedra (ou Pouso de Paranapiacaba), Calçada do Lorena e por outros monumentos históricos, como Pouso de Paranapiacaba, Belvedere Circular, Curva do Mirante, Rancho da Maioridade e manter contato com a biodiversidade da Mata Atlântica.

Fotos: Melissa B.Blanco

Caminhando pela História

O Parque Estadual da Serra do Mar, declarado pela UNESCO como Reserva da Biosfera, é um importante pedaço da história do Brasil e abre suas trilhas para os visitantes. Mas muitos que passeiam felizes e extasiados entre jatobás, ipês, guatambús, embaúba, cambuci além dos monumentos históricos da Estrada Velha do Mar não imaginam como seus ancestrais caminharam ardorosamente por trilhas e estradas sinuosas para que o acesso do litoral ao planalto paulista fosse possível. Índios, jesuítas e bandeirantes se enveredavam pela trilha dos Tupiniquins – o Caminho do Mar – para chegar aos Campos de Piratininga e fundar o Pátio do Colégio, que marcou o início da cidade de São Paulo.

Calçada do Lorena

Calçada do Lorena (1792) foi o primeiro caminho pavimentado com pedras entre São Paulo e o Porto de Cubatão. O transporte de mercadorias era feito por mulas. (Oscar Pereira da Silva – Calçada de Lorena, 1826, Acervo do Museu Paulista da USP)

foto da Calçada do Lorena – A pavimentação primorosa foi feita com lajes de pedra.

Via Santony –  Integração X Melhor Qualidade de Vida

A busca por uma vida mais saudável e consciente tem sido a escolha de muitas pessoas. A Via Santony, sempre engajada em um conceito eco-friendly dentro de sua fábrica, procura criar uma relação fiel com os seus colaboradores mostrando sua responsabilidade socioambiental e selando um comprometimento com os meios que lhes cercam. “Não é apenas a caminhada pela natureza que nos faz conscientes, mas todas as atitudes do dia a dia” comenta Antonio Trombeta

Além deste tipo de evento proporcionar momentos de diversão junto à natureza, de integrar empresa/colaboradores como uma grande família, ­ promove a saúde e bem estar, reduzindo a ansiedade e níveis de estresse.

Agradecemos à todos que tornaram possível esta experiência inesquecível.

Caminho do Mar coleciona nomes e histórias

(Acervo Estadão)

Nascida como trilha em 1560, a rota se tornou a primeira estrada pavimentada da América Latina. Fechada em 1985 para o tráfego de automóveis, a Estrada Velha de Santos, ou Caminho do Mar, faz parte da história de São Paulo. Muitos ainda se recordam do tempo em que aquela estrada de curvas acentuadas era o trajeto imperativo para quem se dirigia à Baixada Santista, antes da inauguração da Rodovia Anchieta em 1947.

É fato que do seu surgimento, no período colonial, até sua desativação, na década de 1980, a rota cumpriu papel fundamental para formação da capital paulista e desenvolvimento do País.

Compartilhe